quarta-feira, 9 de março de 2011

Marx e a Essência Autogestionária da Comuna de Paris


Karl Marx e a essência autogestionária da Comuna de Paris

Nildo Viana
*

Resumo:

O artigo apresenta a interpretação da Comuna de Paris por Karl Marx como autogoverno dos produtores, autogestão social. Uma análise minuciosa do capítulo da obra “A Guerra Civil na França” fornece os elementos interpretativos para compreender a percepção da Comuna de Paris como obra autogestionária dos operários parisienses, o que foi um elemento fundamental para o desenvolvimento do marxismo posterior.

Palavras-chave: Comuna de Paris, Karl Marx, Autogestão Social, Proletariado, 1871

Abstract:
The article presents the interpretation of the Commune of Paris for Karl Marx as self-management of the producers, social self-management. A minute analysis of the chapter of the workmanship “The Civil War in France” supplies the interpretation elements to understand the perception of the Commune of Paris as workmanship of self management of the parisians laborers, what it was a basic element for the development of the posterior marxism.

Key words

Para ler o texto completo, clique aqui.

NILDO VIANA é Professor da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás; Doutor em Sociologia/UnB, autor de diversos livros, entre os quais
O Capitalismo na Era da Acumulação Integral (São Paulo, Ideias e Letras, 2009) e Manifesto Autogestionário (Rio de Janeiro, Achiamé, 2008)

Posts Relacionados:




: Commune of Paris, Karl Marx, Social Self management, Proletariat, 1871.

Nenhum comentário:

Postar um comentário