Rádio Germinal

RÁDIO GERMINAL, onde a música não é mercadoria; é crítica, qualidade e utopia. Para iniciar clique em seta e para pausar clique em quadrado. Para acessar a Rádio Germinal, clique aqui.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Reforma Trabalhista em Quadrinhos

Via ANT (Associação Nacional do Trabalhadores):



O MPT - Ministério Público do Trabalho (ES) lançou uma história em quadrinhos em que aborda a questão da Reforma trabalhista. A reforma trabalhista é apenas mais uma ofensiva da classe capitalista e seus aliados, especialmente o aparato estatal, visando Aumentar a taxa de exploração. A história em quadrinhos mostra as consequências, para os trabalhadores, da dita reforma. O ponto falho do documento é a solução apresentada: emails, cartas, mobilização junto com sindicatos (organizações burocráticas que não representam os trabalhadores) e outras organizações burocráticas (mesmo que informais, como "diretórios acadêmicos"), ou seja, propostas moderadas e que não ultrapassam o nivel da pressão branda sobre o governo.

Para combater a dita reforma é necessário que a classe trabalhadora parta para a OFENSIVA e isso significa que tais formas de pressão (email, cartas, etc.) podem até ser feitas, mas a pressão fundamental e que pode reverter o processo é a retomada de lutas mais amplas, como greve geral por tempo indeterminado (as paralisações temporárias que a burocracia sindical propõe nada alteram), manifestações generalizadas (retomando as grandes manifestações como as de 2013), avanço da auto-organização (conselhos, comissões, comitês de greve), autoformação (grupos de estudos, propaganda generalizada contra as políticas de austeridade e outras ações do estado e da classe capitalista),

O governo neoliberal atual trocou o neopopulismo petista pelo neoliberalismo "discrionário" (extremista) e a ofensiva capitalista contra os trabalhadores, se aproveitando do desmonte do movimento operário, da cooptação dos movimentos sociais, entre outras ações perversas dos governos Lula e Dilma. Tanto faz quem serve aos capitalistas e a forma como fazem isso, seja Temer ou Lula! Abaixo o capitalismo! Viva a autogestão social!!!!

Para ler a cartilha completa, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário